Agosto, mês da luta lésbica

Atualizado: Jan 20

Que o mês da visibilidade lésbica no Brasil é agosto não há dúvida, mas o dia marco da causa lésbica pode provocar confusão. Oficialmente, o dia 29 de agosto foi escolhido por deliberação no 1º SENALE (Seminário Nacional de Lésbicas) em 1996 como o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. Mas, o dia 19 de agosto é considerado o Dia Nacional do Orgulho Lésbico. Na verdade, datas específicas perdem a importância diante da luta de fato.


Para entender, vale a pena ler o artigo (2017) de Miriam Martinho no site Um Outro Olhar¹ . Martinho participou da organização das primeiras entidades lésbicas brasileiras e da edição das primeiras publicações sobre o assunto, como o boletim ChanacomChana (1981-1987), produzido pelo Grupo de Ação Lésbica Feminista (GALF).

Outra ativista pioneira, também do GALF, foi Rosely Roth (1959-1990), líder do famoso protesto no extinto Ferro´s Bar no centro de São Paulo, no dia 19 de agosto de 1983. Na ocasião, um manifesto pelos direitos das lésbicas foi lançado, mas não de forma tranquila, já que elas tiveram que forçar a entrada no bar. O dono do estabelecimento era contra a venda da publicação no local e havia proibido o acesso das integrantes do grupo uns dias antes. Mas elas conseguiram, houve cobertura da imprensa e o dono do bar voltou atrás em relação às vendas do boletim.


“Nessa luta em constante movimento e transformação, as lésbicas têm um papel importante a desempenhar. Desde Sapho - poeta grega que fez alguns dos mais lindos versos de amor pelas mulheres e que, vivendo na ilha de Lesbos, deu origem à palavra com a qual orgulhosamente nos denominamos - as lésbicas não tiveram voz e foram oprimidas. Um resgate dessa História, dos versos perdidos em livros mal-ditos (sic.), dos beijos que nunca puderam ser dados à luz do dia, do amor que nunca pode ser declarado à amiga com medo de perdê-la para sempre. Tudo isso e muito mais faz hoje nossa alegria de viver e de lutar.” (Vanda. DEMOÇRACIA TAMBÉM PARA AS LÉSBICAS: UMA LUTA NO FERRO'S BAR. ChanacomChana, ed. 4, set. 1983, p. 3) ²


¹https://www.umoutroolhar.com.br/2017/08/dia-da-visibilidade-lesbica-23-anos-de-uma-historia-mal- contada.html#more

² Exemplar digitalizado pelo Acervo Bajubá, http://acervobajuba.com.br/

Foto: Acervo Bajubá, http://acervobajuba.com.br/

Posts recentes

Ver tudo